Glossário de termos de Negociação de Comércio Exterior

A | B | C | D | E | F | G | H | I | J | K | L | M | N | O | P | Q | R | S | T | U | V | W | X | Y | Z

Letra

Operação de captação de recursos no mercado externo com o estabelecimento de vínculo a exportações da própria tomadora, de sua controladora, de suas controladas, de outras empresas que tenham a mesma controladora, podendo ser realizadas como empréstimo externo ou como importação financiada

Agrupamento das instituições financeiras/empresas segundo o seu objetivo social. É identificado por meio de um ou mais atributos.

Compreende o expurgo do dinheiro falso detectado e as ações de emissão de laudos, de monitoramento das técnicas de falsificação, de divulgação das características do dinheiro autêntico, de treinamento de caixas e de colaboração com as autoridades no combate à falsificação.

Sistema Econômico Latino-Americano

Sistema Especial de Liquidação e de Custódia. É um sistema informatizado que se destina à custódia de títulos escriturais de emissão do Tesouro Nacional e do Banco Central, bem como ao registro e à liquidação de operações com os referidos títulos.

Iniciativa da Enccla para certificação de cursos e profissionais especializados em prevenção e combate à lavagem de dinheiro e ao financiamento do terrorismo.

Seção Nacional de Coordenação dos Assuntos Relacionados à Área de Livre Comércio das Américas / MRE

Seção Nacional de Coordenação dos Assuntos Relacionados à Associação Inter-Regional Mercosul - União Européia / MRE

Acabamento trabalhado do bordo da moeda, destinado a impedir o cerceio (raspagem).

Serviço instituído, e conferido por lei ao Banco do Brasil, como instrumento do desenvolvimento de um eficiente sistema de pagamentos.

Compreendem o provimento de cédulas e moedas aos bancos e a manutenção do dinheiro em circulação em boas e seguras condições de uso.

Considera-se como setor público não financeiro as administrações diretas e indiretas nas esferas federal, estaduais e municipais, o sistema público de previdência social e as empresas estatais não-financeiras federais, estaduais e municipais, além da empresa Itaipu Binacional. Incluem-se também no conceito de setor público não-financeiro, os fundos públicos que não possuem característica de intermediários financeiros, isto é, aqueles cuja fonte de recursos é constituída de contribuições fiscais ou parafiscais. O Banco Central é incluído na apuração da dívida líquida pelo fato de transferir seu resultado automaticamente para o Tesouro Nacional, além de ser o agente arrecadador do imposto inflacionário.

Banco constituído em uma jurisdição onde não há qualquer presença física e que não se encontre integrado em um grupo financeiro regulamentado.

shipment. embarque.

Sistema de Integração Centro-Americana / MCCA

Sistema de Informação Computadorizado de Apoio ao CCR / Aladi

Sistema onde são registrados os documentos de ordem interna e externa tratados no Banco Central do Brasil.

Sistema que objetiva dar tratamento sistematizado aos dados relativos aos estoques e aos fluxos de capitais com o exterior, propiciando maior velocidade na apuração de estatísiticas, fundamental para subsididar a formulação da política econômica do Governo e contribuir para um melhor relacionamento do Brasil com a comunidade financeira internacional.

Sistema Integrado de Pagamento de Impostos e Contribuições das Microempresas e Empresas de Pequeno Porte

Sistema Nacional de Pesquisa de Custos e Índices da Construção Civil

Sistema de Informações do Banco Central do Brasil. Complexo institucional formado por equipamentos, processos e conhecimentos de tecnologia de informação e negócio destinado ao tratamento eletrônico de informações de interesse do Banco Central. Está interligado a 2.000 sedes e 9.000 dependências de instituições financeiras e a redes e sistemas do Governo tais como Siafi, Siscomex, Serpro, TCU, IBGE, Ipea, Prodasen, Selic, Cetip e à rede internacional de transferência de fundos SWIFT.

Sistema de negociação eletrônica de dólares da Bolsa de Mercadorias & Futuros.

Sistema Integrado de Comércio Exterior. Sistemática administrativa que integra as atividades afins da Secretaria do Comércio Exterior (Secex), da Secretaria da Receita Federal (SRF) e do Banco Central, no registro, acompanhamento e controle das diferentes etapas das operações de exportação e importação. O Banco Central é responsável pelo tratamento dos aspectos cambiais.

Mantém cadastro centralizado de instituições financeiras

Manutenção de cadastro centralizado de pessoas físicas e jurídicas vinculadas às instituições financeiras

Registro de todas as operações de câmbio realizadas pelas instituições financeiras autorizadas a operar em câmbio e por seus intermediadores (corretoras de câmbio)

Contém séries de valores que podem ser trabalhadas estatisticamente. Podem ter periodicidade diária ou mensal.

Agilização e modernização do trâmite administrativo das operações de importação e exportação.

Controle e informações das taxas de Câmbio. Acompanha e divulga para o mercado, a variação da taxa média das moedas de câmbio livre.

Um arranjo para a administração do risco mediante o qual ordens de transferência são mantidas como pendentes pelo iniciador / remetente ou pelo sistema até que exista suficiente cobertura na conta de liquidação do iniciador / remetente ou sejam atendidos os limites estabelecidos para esse pagador; em alguns casos a cobertura também pode incluir linhas de crédito não utilizadas ou garantias disponíveis.

«« < 42 43 44 45 46 » »»

Apresentação on-line do sistema de informações de aduana

Glossário de termos de Negociação de Comércio Exterior

Espanhol

Oferecemos um sistema de informações detalhando as operações das importações e exportações feitas pelas empresas com dados, relatórios pelo NCM (código tarifário) ou CNPJ (Razão Social), e bancos de dados detalhados de mais de 30 países

Contate-nos para conhecer mais dos nossos serviços

DEMO